Transporte aéreo de cargas especiais e os cuidados necessários

julho 31 2016

Certificada pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), a Modern Logistics já está autorizada a operar o seu Centro de Treinamento para Transporte Aéreo de Cargas Especiais. Com a autorização o novo Centro poderá oferecer cursos em todas as categorias de artigos perigosos existentes.

Os principais clientes do Centro de Treinamento serão, além das companhias aéreas e dos prestadores de serviço especializado em aeroportos, as empresas que preparam e manipulam cargas em geral para embarque em aeronaves, inclusive diversos fabricantes de produtos eletroeletrônicos e farmacêuticos.

O diretor de ensino no Centro de Treinamento Fernado Oliverio, explica que a grande vantagem do Centro de Treinamento é ajudar a melhorar a qualidade das operações de transporte de artigos especiais no Brasil. “Existem muitas dúvidas no que diz respeito ao transporte aéreo de animais vivos, produtos perecíveis, artigos perigosos, munição e outros itens especiais”.

O mais novo operador logístico do mercado conta com a base em Jundiaí, interior de São Paulo, com possibilidade de oferecer programas da escola in company. A ideia inicial da companhia era estruturar apenas uma área de treinamento interno na empresa mas, com a contratação de Fernando José Oliverio, surgiu a proposta de criar o Centro e apoiar o aumento da qualidade dos serviços de transporte.

Entre as cargas especiais transportadas estão animais vivos, restos mortais, perecíveis, cargas de alto valor ou particularmente vulneráveis e artigos perigosos, que podem causar riscos para saúde, propriedade, meio ambiente ou para as operações aéreas, como explosivos, inflamáveis, corrosivos, radioativos ou magnéticos.

Oliverio explica ainda que todos precisam passar por capacitação para esse tipo de transporte, desde pilotos, comissários, até o pessoal de security e time de solo. “Vimos também que as informações são fundamentais até para as equipes comerciais das empresas de logística”.